Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

30.09.10

PIADA DE PITBULL


izoton

 

INSCRIÇÕES ABERTAS - MAS QUE MALDADE!

Eliseu ia atravessar a rua, quando surgiu na esquina um grupo de pessoas, caminhando a pé, em uma cerimônia de enterro. Ele já tinha visto muitos funerais, mas aquele ali era bem diferente dos que ele já tinha visto e acompanhado.

A procissão do enterro estava assim formada: 1) Na frente vinha um caixão, carregado por quatro homens. 2) Logo em seguida vinha mais outro caixão, carregado por outros quatro homens. 3) Depois vinha um homem, de terno azul escuro, sozinho, caminhando em passos firmes, mas de cabeça baixa, levando consigo um cachorro da raça Pitbull, preso à coleira. 4) E logo atrás deste homem vinha caminhando um grupo de homens, em fila indiana.

Eliseu não conseguiu controlar a sua curiosidade, atravessou a rua, e se aproximou do homem que caminhava levando o cachorro Pitbull. E sem parar de caminhar Eliseu disse ao homem, em tom baixo, com toda a reverência:

— Me desculpe eu estar aqui conversando com o senhor. Sei que não é o momento mais apropriado, mas eu nunca vi um enterro assim tão diferente. Eu sei que é um momento de muita tristeza, mas o senhor não se importa de me dizer quem faleceu?

E o homem lhe respondeu:

— Bom, no caixão da frente está a minha mulher.

— Pôcha, eu sinto muito, senhor. Mas ela morreu de quê?

O homem deu um longo suspiro, e disse:

— Este cachorro Pitbull, que estou aqui levando, atacou ela…

— Meu Deus, que coisa mais triste! E quem está no caixão de trás?

— No segundo caixão está a minha sogra. A minha sogra tentou salvar a sua filha, e o Pitbull também a atacou…

Por mais alguns metros Eliseu continuou caminhando ao lado daquele homem, mas em total silêncio. Então ele disse ao homem que carregava o Pitbull:

— O senhor me empresta o seu Pitbull?

O homem olhou para Eliseu, olhou para o seu cachorro Pitbull, depois olhou para trás, para aquela longa fila de homens que o acompanhavam no enterro, e disse:

— Eu empresto o Pitbull, mas você tem que entrar na fila…