Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

15.10.10

PIADA DE CENSURA PRÉVIA


izoton

 

CUIDANDO DE SUA IMAGEM...

O Tribunal estava lotado para o julgamento, e o Promotor, Dr. Roberto Bruno Vieira Chagas Filho, chamou a sua primeira testemunha para depor, uma senhora de uns 70 anos. E para começar com aquele clima bem cordial, o Promotor perguntou à velhinha:

— Dona Ernestina, a senhora me conhece, a senhora sabe quem eu sou?

E a testemunha lhe respondeu:

— Lógico que eu o conheço, Betinho. Eu peguei você no colo, e achava que você ia ser uma pessoa muito boa. Mas que nada! Você trai a sua mulher, deve a todo mundo, você é o maior mentiroso que já conheci, e você adora fofocas, só para ficar espalhando boatos por aí… É lógico que eu conheço você, Betinho!…

O promotor ficou todo confuso, olhou para o Juiz, olhou para os Jurados… E depois, para tentar fugir daquela situação ridícula, ele apontou para o Advogado de Defesa, Dr. Renato César Brunel Costa Santos, e perguntou à velhinha:

— E a senhora conhece o Dr. Renato, o Advogado de Defesa?

E Dona Ernestina lhe respondeu:

— É claro que eu conheço o Renatinho! Eu cuidei muito deste menino, filho da Dona Rita. Eu lhe ensinei tantas coisas boas, mas ele me decepcionou. Ele cresceu e virou um preguiçoso de marca maior. Ele é um alcoólatra, e ainda quer dar lição de moral nos outros. E ele nunca conseguiu ganhar nenhum processo na vida dele...

Foi então que o Juiz pediu a Dona Ernestina para ficar em silêncio. Em seguida ele chamou o Promotor e o Advogado de Defesa, bem próximos a ele, e falou aos dois, bem baixinho:

— Se vocês perguntarem a esta velhinha mexeriqueira se ela me conhece, eu prendo vocês! Eu fui bem claro, ou preciso repetir?!…