Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

20.10.10

UMA PIADA CASAMENTEIRA


izoton

 

SERÁ QUE ISSO É VERDADE?

Uma Nutricionista dava uma palestra sobre a importância de uma boa alimentação, em um auditório repleto de homens e mulheres. E dizia ela:

— Nós nos alimentamos muito mal. Os alimentos que ingerimos são, na sua grande maioria, suficientes para causarem a morte de muitos que aqui estão presentes. Um dos piores alimentos é a carne, e no entanto mesmo sabendo disso, nós não somos capazes de fugir de um churrasco! O mau uso de bebidas alcoólicas destroe as nossas células nervosas. Refrigerantes destroem as paredes de nosso estômago. As verduras e os legumes estão contaminados pelos agrotóxicos. As frutas já não são mais alimentos sadios. As comidas orientais são perigosas, pois são confeccionadas com temperos de outras culturas. Até a nossa água está contaminada, com germes e venenos diversos. E por mais que a Medicina Nutricional alerte sobre todos esses perigos, nós continuamos a fazer uso destes perigosos alimentos.

A Nutricionista fez uma pequena pausa, tomou um gole de água, e prosseguiu a sua palestra:

— Contudo há um alimento ainda muito mais perigoso do que todos esses que eu citei. A maioria de vocês aqui presentes já comeu deste perigoso alimento, ou ainda poderá vir a comer deste perigoso alimento. Este alimento causa dores terríveis, e muito sofrimento àquele que o comer, mesmo depois de anos de ingerido. Alguém aqui presente sabe de que alimento tão perigoso eu estou falando?

Um homem de uns cinquenta anos se levantou, e disse:

— Bolo de casamento!…