Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

30.04.11

UMA PIADA ESPANHOLA


izoton

 

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COM TOUREIROS

          Quando Paulo estava passeando pela Espanha, ele entrou em um restaurante e pediu um prato típico do lugar. O garçom lhe trouxe um prato com arroz, acompanhado de duas bolas grandes, que lhe pareciam ser de carne. Como Paulo não sabia o que era aquilo, ele apontou para as duas bolas grandes no seu prato, e perguntou ao garçom:

          — Por favor, o que é isto?

           O garçom lhe respondeu, com uma pergunta:

          — Você conhece alguma coisa de tourada?

          E Paulo lhe respondeu:

          — Bem, conheço, mais ou menos...

          E o garçom continuou, explicando:

          — Pois é. No final da tourada o toureiro mata o touro, e as bolas do touro lhe são tiradas. O nome deste prato é “Arroz com bolas de tourada”.

          Paulo entendeu, e lhe disse:

          — Ah, tá!...

          Paulo comeu aquele prato típico espanhol, e gostou muito. No outro dia Paulo retornou ao mesmo restaurante, e pediu o mesmo prato, ao mesmo garçom. E o garçom lhe trouxe o típico prato “Arroz com bolas de tourada”. Porém, desta vez, as bolas eram pequenas. Paulo achou aquilo estranho, e perguntou ao garçom:

          — Ontem eu pedi o mesmo prato, e você me trouxe duas bolas grandes. Por que razão hoje as bolas são pequenas?

          E o garçom lhe respondeu:

          — Ora, meu amigo, quando o toureiro mata o touro, as bolas do touro lhe são tiradas. Mas, às vezes, é o touro que mata o toureiro. E aí, então…

30.04.11

MEDITAÇÃO BÍBLICA


izoton

 

 

PREGUICITE AGUDA

GN 3:19 - E disse o Senhor Deus: No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra, porque dela foste tomado. E isto porque és pó, e em pó te tornarás.

PV 19:15 - A preguiça faz cair em profundo sono, e a alma ociosa padecerá fome.

PV 6:9 - Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono?

PV 6:6 - Vai ter com a formiga, ó preguiçoso. Olha para os seus caminhos, e sê sábio.

PV 10:26 - Como vinagre para os dentes, e como fumaça para os olhos, assim é o preguiçoso para aqueles que o mandam.

PV 22:13 - Diz o preguiçoso: Um leão está solto, lá fora, e serei morto no meio da rua.

SL 128:1 - Bem aventurado aquele que teme ao Senhor, e anda nos seus caminhos.

SL 128:2 - Pois comerás do trabalho das tuas mãos. Feliz serás, e te irá bem.

29.04.11

PIADA DE GUERRA


izoton

 

NEM TUDO QUE RELUZ É OURO

          Um soldado americano chegou a uma encruzilhada na estrada, correndo, e encontrou uma freira. Quase sem fôlego, ele lhe disse:

          — Por favor, irmã, deixe eu me esconder debaixo de sua saia, apenas por um momento, e depois eu lhe explico o motivo...

          A freira permitiu, e quase ao mesmo instante apareceram três soldados da Polícia do Exército, correndo, e lhe disseram:

          — Irmã, a senhora viu um soldado por aqui, a correr?

          E a freira lhe respondeu:

          — Sim, eu vi, e ele foi por ali...

          Os três policiais desapareceram na curva da estrada, e o soldado aproveitou para sair de debaixo do hábito da freira. E o soldado lhe disse:

          — Muito obrigado, Irmã. Sabe o que é, eu fui convocado para a guerra no Iraque, mas eu não quero ir...

          E a Irmã lhe disse:

          — Eu entendo perfeitamente o seu temor, e a sua atitude...

          E o soldado lhe disse:

          — Irmã, espero que a senhora não fique chateada com o que eu lhe vou dizer. É que eu não pude deixar de perceber que a senhora tem umas lindas pernas...

          E então a freira lhe disse:

          — Bem, se quando você estava debaixo de minha saia você tivesse olhado para cima, você não estaria me falando de minhas lindas pernas... É que eu também sou um soldado, e não quero ir para o Iraque, tá, ô cara!...

28.04.11

PIADINHA DE SOGRA


izoton

 

UM MERO ACIDENTE, E NADA MAIS

- À primeira vista esta charge, abaixo, até parece uma agressão à sogra. Mas é lógico que não se trata de agressão. Pela cara que o marido está fazendo, qualquer um pode perceber, nitidamente, que tudo foi acidental.

 

27.04.11

PIADA DE ALUNOS


izoton

 

LEMBRANÇAS DE OUTRORA

          A professora Sônia estava reunindo a sua Classe pra tirar uma foto, mas três crianças não queriam posar para a foto, de jeito nenhum. A professora já estava perdendo a paciência, mas preferiu ser cordial com elas, e lhes disse:

          — Crianças, imaginem quando vocês forem grandes, formadas em alguma coisa na vida, e os seus colegas vão dizer, olhando a foto:

          — “Olhe a Anna, agora ela é Médica!”, “Olhe o Luiz, agora ele é Contador!”, “Olhe o Gustavo, agora ele é Dentista!”...

          De repente um dos alunos disse:

          — E também vão dizer: Olhe a professora Sônia, ela já morreu!

26.04.11

PIADA DE ANIVERSÁRIO


izoton

 

UM SONHADO PRESENTE

          Beatriz acordou Fernando, no meio da noite, e lhe disse:

          — Querido, eu sonhei que você estava me dando um colar de brilhantes! O que será que significa esse sonho?

          E Fernando, ainda meio dormindo, lhe respondeu:

          — No dia do seu aniversário você vai saber, meu amor...

          O dia do aniversário de Beatriz chegou, e Fernando lhe entregou uma caixinha, lindamente decorada. Ela pegou o pacote, quase chorando de emoção, rasgou o papel, e abriu a caixa. Dentro da caixa ela encontrou um livro, cujo título era: “O Significado dos Sonhos”.

          OBS: Fernando continua na UTI do Hospital das Clínicas, ainda em coma.

25.04.11

PIADA DE JACARÉ


izoton

 

DAQUI NÃO SAIO, DAQUI NINGUÉM ME TIRA

          Um fazendeiro de Mato Grosso – Brasil tinha um lago em sua bonita fazenda. Certa vez ele montou em seu cavalo e foi dar uma olhada no lago, para ver se tudo estava como ele gostava que estivesse, sem alterações na natureza. Ele levou consigo um balde, que lhe serviria para trazer algumas frutas que encontrasse pelo caminho.

          Quando ele já estava bem próximo do lago, ele escutou vozes e risadas femininas. Ele chegou mais perto, ainda montado em seu cavalo, e pode ver umas cinco ou seis moças que se banhavam e se divertiam dentro do lago. Ao verem o fazendeiro, elas correram para a parte mais funda do lago, permanecendo apenas com as cabeças fora da água. Então uma das moças gritou para o fazendeiro:

          — Nós só sairemos daqui quando o senhor for para bem longe do lago!

          E o fazendeiro lhes disse:

          — Eu não vim aqui para ver vocês nadando, ou saindo nuas do lago...

          E mostrando o balde para elas, ele continuou dizendo:

          — Eu vim aqui para dar comida ao jacaré que tem aqui nesse lago...

Pág. 1/5