Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

06.09.14

NAQUELE TEMPO


izoton

 

DO SABUGO DE MILHO

          Daniel era um homem simples, um caipira daqueles antigos, daqueles que não existem mais. Ele foi ao médico, pois estava com prisão de ventre, e não estava conseguindo fazer as suas necessidades. Então o médico lhe disse:

          — Não se preocupe, seu Daniel. Isso é um problema muito simples. Você leva esses dois comprimidos e toma um à noite, antes de dormir, e toma o outro pela manhã, ao se levantar. E daqui a dois dias você volta aqui no meu consultório, para que eu acompanhe o teu problema.

          Dois dias depois Daniel voltou ao consultório do médico. E o médico lhe perguntou:

          — E então, você conseguiu defecar?

          — Ah, doutor, não consegui fazer isso, não!

          Então o médico lhe disse:

          — Bem, mas não tem problema. Agora você vai levar esses quatro comprimidos e vai tomar dois à noite, antes de dormir, e dois pela manhã, ao se levantar. E daqui a dois dias você volta aqui no meu consultório.

          Dois dias depois Daniel voltou ao consultório do médico. E o médico lhe perguntou:

          — E então, você conseguiu defecar?

          — Ah, doutor, não consegui fazer isso, não!

          Então o médico lhe disse:

          — Bem, não estou entendendo o porquê de você ainda não ter defecado, pois o remédio que eu lhe receitei já devia ter surtido efeito. Mas não se preocupe com isso. Agora você vai levar esses oito comprimidos, e vai tomar quatro à noite, antes de dormir, e quatro pela manhã, ao se levantar. E daqui a dois dias você volta aqui no meu consultório.

          Dois dias depois Daniel voltou ao médico, que lhe perguntou:

          — E então, você conseguiu defecar?

          — Ah, doutor, não consegui fazer isso, não!

          — Mas seu Daniel, aquela dose que eu lhe receitei é dose prá cavalo! Não é possível que não lhe tenha causado nenhum efeito. Você não conseguiu dar nem uma cagadinha?

          Foi então que Daniel lhe respondeu:

          — Ah, doutor, isso aí eu fiz, sim! Ainda há pouco eu dei uma cagadinha ali perto da igreja, que o padre não sabe se manda limpar, ou se manda tirar a igreja do lugar.