Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

28.04.15

TRAÍDA, OU DISTRAÍDA


izoton

NA ESCOLA

          Duas estudantes conversavam, em uma aula de geografia, quando uma delas perguntou para a outra:

          — Ana, eu estou na dúvida em uma coisa: O que será que está mais distante de nós: a lua, ou Paris?

          E Ana lhe respondeu:

          — Caramba, Beatriz, que dúvida mais boba! É só pensar um pouquinho... Daqui você consegue ver Paris?

          E Beatriz lhe respondeu:

          — Não, lógico que não.

          E Ana completou:

          — Então, menina!…

25.04.15

QUEM É VOCÊ


izoton

ESSA PIADA É DE CHORAR

          Em certa noite, durante um desses apagões de energia elétrica, uma senhora estava sozinha em sua casa, quando ela viu um homem passar pela sua sala. Ela tomou coragem, e mesmo estando escuro, ela conseguiu aproximou-se dele, por trás, e agarrou os testículos dele, apertando-os com bastante força. Depois ela perguntou:

          — Quem é você?

          Como o homem nada respondeu, ela apertou, com mais força, e tornou a perguntar:

          — Quem é você?

          Como o homem continuou em silêncio, ela apertou ainda mais, os testículos dele, e tornou a perguntar:

          — Quem é você?

          E o homem lhe respondeu, bem baixinho, quase sem voz:

          — Pe... Pe... Pedro!…

          A mulher continuou apertando os testículos do homem, e lhe perguntou:

          — Pedro? Mas que Pedro?

          E o homem lhe respondeu, bem baixinho, com uma voz angustiada:

          — Pe... Pedro… o mudinho!…

Pág. 1/4