Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

18.03.17

TÁ QUENTE (BEM ATUAL)...


izoton

TÁ FRIO

          Um político morreu, e foi para o inferno. Chegando lá ele foi colocado em um setor de triagem, onde ele sentiu que a temperatura ambiente não era tão agradável assim. Então ele foi logo conversar com o Chefe, para ver se conseguia um lugar um pouquinho menos quente. E o político foi avisado que ele não tinha necessariamente que ficar naquele setor, e que tinha o direito de escolher onde quisesse ficar. E lhe foram indicados vários setores onde ele poderia ficar, em todas as áreas do inferno.

          Então ele foi caminhando, e encontrou uma porta onde estava escrito: Estados Unidos. Ele entrou por aquela porta e perguntou como era administrado o setor americano, e a resposta lhe foi dada:

          — Diariamente você receberá 700 chicotadas pela manhã, e 700 chicotadas à noite. À tarde você ficará em um forno à 400 graus centígrados, e de madrugada você ficará em um freezer à 40 graus abaixo de zero.

          O político não gostou daquele esquema, e foi visitar outros setores. Ele encontrou outras portas, onde estavam localizados os setores da Inglaterra, Japão, Bolívia, África do Sul, e em todos esses setores ele entrou. Mas em todos eles, o regime de castigo era o mesmo, muito rigoroso. Até que alguém lhe informou que o castigo era igual em qualquer setor, e que a divisão por setores era apenas para facilitar a administração do inferno.

          O político continuou caminhando pelas quentíssimas ruas do inferno, desconsolado, e de repente ele viu uma enorme fila, lá no final da avenida. Ele caminhou até lá, tentou furar a fila, mas foi empurrado até onde estava o último da fila. Então ele perguntou ao último da fila do que se tratava, e o cara lhe respondeu, com muita má vontade, que aquela fila era para entrar no setor Brasil. E o político perguntou ao cara da fila:

          — De que lugar do Brasil você é?

          E o cara lhe respondeu que ele não era do Brasil, ele era da Espanha. E o político chateou tanto o espanhol, perguntando o que ele estava fazendo ali na fila do setor Brasil, que o espanhol lhe disse, bem baixinho, depois de olhar para os lados, para ver se não estava sendo observado:

          — Está bem, eu vou lhe dizer o porquê de eu estar aqui na fila do setor Brasil. Mas vê se fique quieto, e não espalha, tá! É o seguinte: o forno do setor Brasil está com defeito, e não passa de quarenta graus, e o freezer vive enguiçado, e mal chega a vinte graus centígrados.

          Então o político perguntou ao espanhol:

          — Tudo bem, mas e as setecentas chicotadas da manhã?

          E o espanhol lhe respondeu:

          — O cara das chicotadas da manhã vem aqui no setor Brasil, bate o ponto, e cai fora.

          E o político volta a perguntar ao espanhol:

          — Tudo bem, mas e as setecentas chicotadas da noite?

          E o espanhol lhe respondeu:

          — Psiu... Fale mais baixo... O cara das chicotadas da noite só vem aqui no setor Brasil nos finais de semana, mas somente para receber a propina...