Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

25.03.17

IMPRESSIONANTE


izoton

E COMOVENTE!

          Durante uma escola bíblica dominical, o Pastor estava dando um estudo sobre “perdão”. Então ele perguntou a todos os presentes na igreja:

          — Por favor, eu gostaria que se levantassem todos aqueles que têm conseguido perdoar os seus inimigos.

          Houve um momento de reflexão, e a metade dos fiéis se levantou. O Pastor, observando que alguns fiéis permaneceram sentados, voltou a fazer a mesma pergunta. Houve mais um momento de reflexão, e a outra metade dos fiéis se levantou. Somente uma irmã, bem velhinha, permaneceu sentada, lá no fundo da igreja. Então o Pastor disse a ela:

          — Irmã Lúcia, esta é uma boa oportunidade para que a senhora amoleça o seu coração, e perdoe os seus inimigos.

          — Mas eu não tenho inimigos, Pastor!

          Então o Pastor lhe disse:

          — Irmã Lúcia, a senhora é um exemplo para todos nós. A irmã está com quantos anos?

          — Com 87 anos, Pastor!

          Todos os fiéis presentes se comoveram com a declaração da irmã Lúcia, e a aplaudiram, com muito entusiasmo. Então o Pastor chamou a irmã Lúcia até o púlpito, e lhe disse:

          — Irmã Lúcia, conte para a igreja como é que se faz para viver 87 anos, e não ter inimigos…

          Então a irmã Lúcia pegou o microfone, olhou para todos ali presentes, que estavam emocionados, e chorando, e lhes disse:

           — Meus irmãos, e minhas irmãs, não é que eu não tenha inimigos... Não é bem assim, não... Eu não tenho inimigos, porque todos aqueles safados já morreram, tá!…