Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

13.05.17

UM FILHO


izoton

DE MUITO BOM SENSO

          Os três filhos de dona Rosana se reuniram, e decidiram comprar um bom presente para a sua mãe, para lhe ser dado no Dia das Mães. Alguns dias depois, eles se reencontraram, para saberem qual o presente que cada um deles tinha dado para a sua mãe, que já estava bem idosa, e mal enxergava.

          Júlio disse:

          — Eu comprei uma mansão para a nossa mãe, com um grande quintal, e piscina.

          Antônio disse:

          — Eu comprei uma Ferrari para a nossa mãe, e mensalmente eu pago um motorista para ela.

          João disse:

          — A mãe gosta de ler a Bíblia, mas ela está praticamente cega, e quase não consegue ler. Então eu comprei para ela um tipo raro de papagaio das Filipinas, do tamanho de um frango. Ele foi adestrado por Monges Beneditinos, e conseguiu decorar toda a Bíblia. Basta que a mãe diga para o papagaio o Livro da Bíblia, e o capítulo, que ela quer ouvir, e ele recita todo o capítulo, sem nenhum erro. Eu me comprometi a depositar US$ 7.000,00 mensalmente na conta do Mosteiro, pois pela nossa mãe eu faço qualquer coisa.

          Alguns dias depois de enviarem os presentes, cada um dos três irmãos recebeu uma carta de sua mãe.

          Para Júlio ela escreveu:

          — Eu não gostei do seu presente, pois a casa que você comprou para mim é muito grande, e eu não tenho mais forças para cuidar dela. Eu não utilizo a piscina, e para mim só me interessa um quarto.

          Para Antônio ela escreveu:

          — Eu não gostei de seu presente, pois eu quase não saio de casa, e não preciso de carro. Além disso, o motorista que você contratou dirige mal, e é muito mal educado.

          Para João ela escreveu:

          — Você foi o único filho que me deu um presente que me agradou. Que bom que você teve o bom senso de saber o que a sua mãe gosta. Muito obrigada, tá, meu filho. Aquela galinha que você me enviou, demorou um pouquinho para cozinhar, e mesmo assim ela ficou um pouquinho dura, mas estava deliciosa.