Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

31.03.18

MENTIRA TEM PERNA


izoton

CURTA

          Às 7:00 hs da manhã, do dia 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque, Bob despediu-se de sua esposa, e encaminhou-se para o seu escritório, no 90º andar da torre sul do World Trade Center. Mas, no caminho, ele mudou de idéia, e seguiu para o apartamento de sua amante. Chegando lá, ele desligou o seu celular, e passou boa parte da manhã com ela.

          Às 10:00 hs, já satisfeito, ele se vestiu, e se despediu de sua amante. Então ele resolveu ir para o seu escritório, na torre sul do Trade Center, e ligou o seu celular. Exatamente neste momento, o seu celular tocou. Era a sua mulher, dizendo, em pânico, e aos prantos:

          — Bob, querido!

          — Oi, querida!

          — Ai, graças a Deus! Onde você está?

          — Eu estou aqui no meu escritório, no Trade Center, querida. Agora eu estou tomando um cafezinho, junto com os meus funcionários... Mas por que você está chorando? Aconteceu alguma coisa?...

28.03.18

A MULHER IDEAL


izoton

EXISTE

          Desde a criação de Eva que se discute sobre a existência da mulher ideal. O rei Salomão chegou a ter mil mulheres, na esperança de encontrar a mulher ideal.

          Mas este vídeo, de apenas 50 segundos, nos mostra que existe um tipo de mulher ideal, capaz de agradar plenamente ao homem. 

24.03.18

VINTE ANOS DEPOIS...


izoton

APENAS VINTE ANOS DEPOIS...

          João foi levado ao hospital, com a perna quebrada, e o ortopedista lhe perguntou como foi que aquilo tinha acontecido. E João lhe disse:

          — Bem, doutor, há cerca de 20 anos...      

          E o médico lhe interrompeu:

          — Eu não quero que me contes sobre a tua vida. Apenas me diga como foi que o senhor quebrou a tua perna.

          — Sim, doutor. Há cerca de 20 anos, eu estava trabalhando em uma fazenda, onde eu precisei pernoitar. Era o meu primeiro dia no emprego, e à noite eu fui para o meu quarto, para dormir. Então a filha do fazendeiro, uma moça muito bonita, entrou em meu quarto, e me perguntou se eu precisava de alguma coisa. Eu lhe respondi que não precisava de nada, e lhe agradeci a cordialidade. Pela segunda vez ela me perguntou se eu precisava de alguma coisa, e eu tornei a lhe dizer que não precisava de nada. Mas ela insistiu, pela terceira vez: “Você tem certeza de que não há nada que eu possa fazer por você?” E eu lhe respondi: “Não, moça, muito obrigado”.

          E o médico voltou a lhe interromper:

          — Um momento. Eu não estou conseguindo entender o que tem a ver essa história, com a tua perna quebrada...

          Então João lhe disse:

          — Bem, doutor, é que somente hoje, quando eu estava consertando o telhado de minha casa, que eu fui entender o que a filha do fazendeiro quis dizer, há vinte anos, com “Você tem certeza de que não há nada que eu possa fazer por você?” E foi aí eu cai lá de cima do telhado...

Pág. 1/4