Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

19.03.11

PIADA DE CASADO


izoton

 

BÊBADO FALA CADA BESTEIRA, NÉ…

          Antônio acordou com uma ressaca daquelas, e a sua mulher não estava na cama. Ele sentou-se na cama, ainda meio tonto, e viu que na mesinha de cabeceira da cama tinha um copo de água gelada, e um comprimido para dor de cabeça. Ele tomou o remédio, levantou-se, e viu que a sua roupa estava passada e delicadamente colocada sobre uma cadeira. O quarto estava cheiroso, muito bem arrumado, e tudo estava em perfeita ordem. No espelho da penteadeira tinha um bilhete de sua mulher, que dizia:

          — Querido, o seu café já está pronto, na cozinha. Eu fui ao Supermercado comprar peixe, tomate e coentro, para fazer uma muqueca capixaba, que você tanto gosta.

          Antônio foi ao banheiro, tomou um banho, e depois foi à cozinha, onde encontrou uma mesa preparada, com café, bolo, e todo o necessário para um bom café da manhã de um rei. Então Antônio chamou a sua filha e lhe perguntou:

          — Joelma, aconteceu alguma coisa estranha aqui em casa, de ontem para cá?

          E a menina lhe disse:

          — Bem, pai, você chegou de madrugada, quase amanhecendo o dia, e completamente bêbado. Quando a minha mãe abriu a porta, você entrou já caindo, e vomitou a sala toda. Depois você conseguiu se levantar, foi tropeçando até a cozinha, e ali você fez o maior estrago, e até quebrou uns pratos. Depois você abriu a geladeira e fez xixi dentro dela.

          Antônio olhou tudo em volta, e como ele não viu nada estragado, nada desarrumado, ele perguntou à menina:

          — Então por que está tudo arrumado, a mesa do café preparada, a minha roupa passada, um remédio preparado para mim tomar, e ainda por cima um bilhetinho amoroso de sua mãe? Por que a sua mãe está me tratando de uma maneira tão carinhosa?

          E a menina lhe disse:

          — Bem, pai, depois de toda a bagunça que você fez, a minha mãe conseguiu arrastá-lo até à cama. Então ela tirou os seus sapatos e a sua camisa. E aí, quando a minha mãe estava tirando as suas calças, você gritou:

          — Não, moça, não faça isso, não! Eu sou casado, e amo a minha esposa!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.