Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

07.09.19

ESSA É DO TEMPO


izoton

QUE A MINHA AVÓ CONTAVA PIADA

          Um andarilho parou em uma casa bem simples, no interior de Guarapari-ES, e bateu palmas. Quem veio atendê-lo foi um menino de uns dez anos, e o homem lhe disse:

          — Me arranja um pouco de água para beber?

          O menino entrou para dentro de sua casa, e depois retornou com uma cuia de cabaceira, cheia de água, e a entregou ao viajante. O viajante pegou aquela cuia, com muito nojo, mas a sede era maior, e ele bebeu a água. Vendo a cara de nojo que o homem fazia, o menino lhe perguntou:

          — A água estava muito ruim, moço?

          — Bem, deu para beber... Mas por que você me pergunta isso, menino?

          — É que tinha um rato morto dentro da cuia, mas eu tirei ele, para colocar água para o senhor...

          — Seu moleque, eu vou quebrar essa cuia na tua cabeça!...

          — Não, moço, não faça isso, não! Essa cuia é de minha avó fazer xixi dentro dela...

04.09.19

SEM DÓ...


izoton

NEM PIEDADE...

          Ser músico, viver da música, não é brinquedo, não. E quando se tem uma mulher que não entende isso, aí a coisa fica ainda mais complicada...

          Às vezes o músico até arranja um jeito de se proteger, em caso de levar um pontapé nos traseiros...

          E este vídeo, de apenas 54 segundos, nos mostra um caso bem interessante...

31.08.19

SUGESTÕES...


izoton

DE LÁPIDES

Do confeiteiro:

— Acabou-se o que era doce!

Do crítico:

— Não gostei!

Do ginasta:

— Eu dei um salto mortal!

Do juiz:

— Caso encerrado.

Do eletricista:

— Foi um choque!

Do obstetra:

— Parto, sem dor.

Do músico:

— Aqui, jazz.

Do rico:

— Enfim, duro.

Do piadista:

— E agora, vão rir de quê?

Do medroso:

— Morri de medo!

Do juiz de futebol:

— Apito final.

Do sapateiro:

— Bati as botas!

Do construtor:

— Minha última morada.

Do conversador:

— Fim de papo.

Do dramaturgo:

— Este é o meu ato final.

Do químico:

— A morte é uma droga.

Do alfaiate:

— Abotoei o paletó.

Do bombeiro:

— Apaguei!