Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

25.01.14

COM VÍRGULA


izoton

 

E SEM VÍRGULA

Não, te amo.

Não te amo.

Não, espere.

Não espere.

Aceito, obrigado.

Aceito obrigado.

Este, Juiz, é um corrupto.

Este Juiz é um corrupto.

Não, queremos saber.

Não queremos saber.

Roubar, não. É pecado.

Roubar não é pecado.

Não, tenho outra saída.

Não tenho outra saída.

Cinema, não. É chato.

Cinema não é chato.

Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro, à sua procura.

Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria de quatro, à sua procura.

Um milionário redigiu o seu testamento, sem pontuação: "Deixo a minha fortuna para o meu irmão não para o meu sobrinho jamais para o meu advogado nada para o Orfanato." Então cada um dos interessados colocou a sua pontuação:

O Irmão:

Deixo a minha fortuna para o meu irmão. Não para o meu sobrinho. Jamais para o meu advogado! Nada para o Orfanato. 

O Sobrinho:

Deixo a minha fortuna: para o meu irmão? Não! Para o meu sobrinho. Jamais para o meu advogado! Nada para o Orfanato.

O Advogado:

Deixo a minha fortuna: para o meu irmão? Não! Para o meu sobrinho? Jamais!  Para o meu advogado. Nada para o Orfanato.

O Diretor do Orfanato:

Deixo a minha fortuna: para o meu irmão? Não! Para o meu sobrinho? Jamais!  Para o meu advogado, nada! Para o Orfanato.