Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

IZOTON - HUMOR

- Um blog de um brasileiro de Vila Velha-ES, elaborado em um Provedor português. Obrigado, Equipe SAPO! Este blog é feito com muito amor, e com muito humor. O meu lema: Viver a vida a sério, mas brincando. O meu objetivo: Fazer alguém sorrir.

15.02.19

A TRANQUILIDADE


izoton

DE UMA DEPRESSÃO

          Jorge se encontrou com o amigo Alberto, e depois das primeiras palavras ele percebeu que o seu amigo estava extremamente deprimido. Então ele disse:

          — Eu estou vendo que você não está bem...

          — Sim, Jorge, eu não estou bem. Na semana retrasada morreu a minha avó...

          — Que ruim!...

          — E ela me deixou uma herança de cento e vinte mil reais...

          — Ah, então, que bom!...

          — Quando foi na semana passada, morreu um de meus tios...

          — É... fazer o quê, né...

          — E ele me deixou uma herança de noventa mil reais...

          — Pôcha, Alberto, que bom! Mas, então, por que você está assim, tão deprimido?

          — E não é para estar deprimido, Jorge? Hoje já é sábado, e até agora, nada, nada... Nesta semana, ainda não morreu nenhum parente meu...

12.02.19

ASTRONAUTA VOADOR


izoton

NÃO IDENTIFICADO

          Esse é um raro vídeo da descida do homem na lua. Porém há controvérsias sobre a nacionalidade do astronauta. Talvez porque nenhum país queira assumir o mico que pagou esse pobre coitado astronauta.

          Mesmo vendo esse vídeo, de apenas 17 segundos, eu não consigo acreditar que esse astronauta tenha feito o que ele fez! Eu não consigo acreditar, por mais brasileiro, português, italiano, espanhol, grego, ou troiano, que ele seja!

08.02.19

ADMIRAÇÕES


izoton

CANINAS

          A mulher gritou, lá da cozinha:

          — Querido, vem cá!

         Um minuto depois, ela tornou agritar:

          — Querido, você não está me ouvindo, não? Vem cá, meu amor!...

          A empregada, que era nova na casa, disse ao Nestor, que estava na sala:

          — A senhora está te chamando, lá na cozinha...

          E o Nestor lhe perguntou:

          — Ela disse “querido”, ou “amor”?

          E a empregada lhe respondeu, sorridente:

          — Sim, senhor, ela te chamou de “querido” e “amor”...

          Então Nestor disse:

          — Não, então ela não está me chamando, não... Ela está chamando o cachorro...